Resenha: Lavínia e a Árvore dos Tempos

Autor: Lucinei M. Campos
Editora: Independente 
Número de Páginas: 236

Sinopse: Imagine se você ganhasse de presente uma fada, para passar um ano humano inteirinho com você? Esse foi o presente de Lavínia, uma menina de 9, quase 10 anos, um pouquinho diferente das meninas de sua idade.Mas, e se essa fada também fosse um pouco diferente das fadas tradicionais, essas que a gente vê nos contos? Pois é, Lorivaldo é assim: uma fada homem, bem rabugenta, que detesta seres humanos e carrega como instrumento uma peixeira, ao invés de uma varinha.E se você descobrisse que existem outros seres que nunca havia visto antes? Goblins, faunos, boitatás, ninfas, curupiras, dentre outros, irão integrar essa aventura, aonde Lavínia se descobrirá em um mundo misterioso e mágico, que mudará a sua solitária vida. Dos galhos de uma imponente árvore, a árvore dos Tempos, que dá pergaminhos no lugar de frutos, traços de que coisas misteriosas e em comuns há entre Lavínia e Lorivaldo e o mundo ao quais pertencem.

No livro vamos conhecer a rotina de Lavínia, que é uma menina de 9 anos muito solitária. Ela vai e volta todos os dias do colégio por caminhos diferentes, almoça isolada das outras crianças, tudo isso para não ser incomodada pelos "valentões" e as "marrentinhas" do seu colégio. O seu único amigo de verdade é Léo, seu companheiro pra todas as horas, que a ajuda a passar pelos dias difíceis.

Num lugar bem distante de Lavínia, vamos conhecer um mundo que não é habitado por seres humanos, mas sim por Ninfas, Fadas, Goblins e outros seres fantásticos. Nesse mundo está acontecendo o julgamento de Laus, que é uma fada (Sim, uma fada homem) que já fez várias coisas ruins para os humanos, por isso ele é condenado a passar dois anos no mundo dos humanos, cuidando de Lavínia.

Antes de se apresentar para Lavínia Laus deveria aderir aos costumes dos humanos, então teve que trocar de nome e até de aparência. Agora Laus se chama Lorivaldo, tem a aparência de um nordestino e a sua varinha virou uma peixeira. Depois das transformações e depois de se apresentar para Lavínia e Léo é que vai começar toda a aventura!


Queria começar dizendo que eu me surpreendi e muito com esse livro, sabia que ia gostar porque adoro esse tipo de fantasia, mas eu acabei gostando mais do que esperava. 

A escrita do Lucinei é incrível, e eu fiquei com muita inveja da imaginação que ele tem, sério, hahah. Mas o que mais me surpreendeu no livro foi que além de se passar aqui no Brasil, mais especificamente no Rio de Janeiro, o autor deixou o livro bem "abrasileirado", principalmente o Laus, que teve todo aquele toque nordestino.

O maior problema que eu tenho com autores nacionais é que a maioria (dos que eu li), tenta forçar uma história bem "americanizada", os nomes, os lugares, os detalhes, etc. E eu não gosto disso, acho que descaracteriza toda a nossa literatura. Mas o Lucinei colocou elementos bem brasileiros, o que me fez gostar mais ainda do livro. 


Apesar de ser considerado um livro infantil, eu acho que é um livro para todas as idades, com certeza eu daria de presente para a minha sobrinha de 10 anos e para a minha mãe de 50. Eu indico essa história para todo mundo que ama uma boa fantasia!!


Nota



Onde Comprar:
Sanfer Livros
Nas redes sociais diretamente com o autor: FacebookFanpageTwitter

Sobre o Autor

Lucinei nasceu em 16 de outubro de 1983, é professor e escritor, carioca e criado na Maré, comunidade do RJ. Formou-se em história e é especializado em história da África e da diáspora Africana no Brasil. É um escritor independente, e tem três obras publicadas, são elas: Lavínia e a Árvore dos Tempos, Lavínia e a Magia Proibida e Violeta não Sabe Amar. 

Share:

12 comentários

  1. Obrigado pelo carinho e a parceria! Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Já tinha ouvido falar bastante deste escritor. Sua escrita me parece de muita qualidade e as histórias são bastante criativas, Parabéns pela resenha, ficou ótima, e o Blog tb está show!

    ResponderExcluir
  3. Sua resenha é ótima. Esse livro me parece bastante interessante e a forma como você relatou me fez ter mais vontade de lê-lo.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Eu já tinha visto algumas resenhas sobre esse trabalho e achei bem interessante a proposta do autor e curto muito os elementos que traz remetendo ao nordeste.
    Me pareceu ser uma história daquelas que lemos sem ver o tempo passar.
    Ótimas considerações.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
  5. Esse livro parece ser bem lindinho, tenho vontade de ler...Gostei muito se sua resenha, e conhecer um pouquinho sobre o autor...Bjs

    www.livrosemretalhos.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Nossa, fui totalmente fisgado por essa premissa. Fantasia, e ainda com toques de humor... Já foi adicionado á lista de desejados rsrs

    Abraço!
    http://lupiliteratus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?
    Não conhecia o livro, mas que história interessante. Também gosto de fantasia, mas nunca li nada apenas sobre fadas, então fiquei super curiosa. Amei a resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Nossa, amei a ideia desse livro e achei demais que ele é cheio de referências brasileiras! O autor fez muito bem em privilegiar nossa cultura.
    Beijos
    Mari
    www.pequenosretalhos.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Thainá, tudo bem?
    Confesso não conhecer a obra mas amo fantasia e fiquei empolgada. Me identifiquei com a Lavinia, a protagonista, pelo fato dela conseguir ver esses seres fantásticos. Quando eu era pequena também conseguia ver fadas e eu me sentia feliz perto delas.

    ResponderExcluir
  10. Olá! Desejo ler esse livro, a premissa é muito interessante e me chamou a atenção.

    ResponderExcluir
  11. Ai meu Deus, adorei a resenha e o livro parece ser super interessante, bem como eu gosto, e fico ainda mais feliz em saber que é livro nacional, bela resenha e já adicionei na estante!

    Ps: Seu blog é lindo e muito fofo, parabéns!

    http://alertadespoil-er.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oiii Flor!!
    Eu já estava com vontade de ler esse livro, agora depois da sua resenha eu estou ainda mais. Ele parece ser o meu tipo de livro! Adoro livros com elementos brasileiros, usando o folclore então? Arrasou!! *-*
    Parabéns pela resenha e escolha do livro.

    https://garotasdevorandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir